Greve de ônibus em Niterói, S. Gonçalo e Maricá. E quando rola na capital???

Urbanuss Ecoss da Viação Fortaleza, uma das que aderiram 100% à greve

Urbanuss Ecoss da Viação Fortaleza, uma das que aderiram 100% à greve

Olá amigos que acompanham o Flumibuss…Vocês devem estar acompanhando os noticiários desde ontem, quando, em assembleia, os rodoviários afiliados à Sintronac, Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Niterói à Arraial do Cabo (sim, engloba de Niterói até Arraial!), decidiriam, por meio de assembleia, optar pela greve. Com isso, moradores de Niterói, São Gonçalo, Tanguá, Itaboraí e Maricá estão penando para chegar em seus compromissos. Nessa conta, são 1,3 milhões de pessoas (aproximadamente) que foram prejudicadas.

Avaliação da greve
Andando pelas ruas do Rio, pude ver que quase todos os rodoviários aderiram 100%, sendo que só poderiam aderir 60%, graças à uma liminar expedida à favor do Sindicato das Empresas da região (o SETRERJ). O destaque fica por 3 empresas.

Senior Midi da Garcia operando a 703D (V. Isabel x Charitas). No ponto final hoje, cabine vazia e filas cheias.

Expresso Garcia: Observei em especial a 703D (Charitas x Vila Isabel) e vi esta cena: Cabine vazia e filas longas. Coisa que não é normal. A adesão dos rodoviários da empresa, segundo relatos, é de 100%

Viale da Mauá operando a 533D (Alcântara x Méier). O que já era ruim, piorou na greve.

Mauá: Na minha rua, passa a 533D (Alcântara x Méier). Em dias normais, já costuma passar a cada 30 minutos. Hoje, na greve, não passou NENHUM sequer…

Coesa: Uma das poucas empresas que furaram a greve e conseguiram pôr,

Torino da Coesa operando a 423A (S. Gonçalo x V. Isabel). Uma das únicas empresas que não aderiram totalmente.

ao menos, 10% da frota na rua. Com isso, o atendimento na 423A e 428A ficaram seriamente prejudicadas, sendo que na 28, pelo menos na parte da manhã, não rodou Um carro sequer.

Enquanto os outros sindicatos lutam pelos seus direitos, o da capital está parado???

Se forem reparar, o sindicato de Niterói ainda briga por condições mais dignas de trabalho, mas no sindicato-chave, o da capital, cadê a união dos rodoviários? Na minha visão, essa desunião na capital, se deve ao fato de que há dois sindicatos (o Sintraturb-RJ e o SCVRTTCGP) e nunca se sabe qual o verdadeiro sindicato que responde pela classe! Alguns fatores contribuem para o receio da classe em promover uma greve, tais como reciprocidade negativa por parte dos patrões, inclusive com demissões por justa causa. No final das contas, os patrões acovardam os empregados, os empregados por sua vez, se estressam cada vez mais, os assaltos são cada vez mais constantes, causam mais acidentes, são obrigados à afastar-se do volante, em certos casos, nem podendo retornar ao trabalho, graças ao trauma que fica (psicológico e físico).

Nota da redação: Esta matéria não tem nenhuma relação à nenhuma entidade. Foi escrita por um usuário de ônibus para passar a sua visão sobre esta greve.

Um abraço a todos!

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Detro, Notícias. ligação permanente.

Uma resposta a Greve de ônibus em Niterói, S. Gonçalo e Maricá. E quando rola na capital???

  1. Marcelo diz:

    Tinha carro da Rio Minho tbm rodando hoje, em 1 hora q fiquei na Av. Brasil vi dois Ideales dela rodando

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s