Galeria de fotos: Os novos Apache Vip II SC Euro V da Penha Rio

Na atualização de hoje, você, amigo que acompanha o site, confere um gato-pingado de fotos dos novos Apache Vip II SC, adquiridos recentemente, da Penha Rio. Com o chassi Mercedes Benz OF-1519, os veículos – que vieram como convencionais sem cobrador – são os primeiros da empresa à atender a norma Proncove 7 / Euro V… Confiram!

Viação Penha Rio – B10556 / CAIO Apache Vip II SC MB OF-1519
Linha: 630 – IAPI da Penha x Saens Peña (via Mangueira)

Viação Penha Rio – B10558 / CAIO Apache Vip II SC MB OF-1519
Linha: 630 – IAPI da Penha x Saens Peña (via Mangueira)

Viação Penha Rio – B10558 / CAIO Apache Vip II SC MB OF-1519
Linha: 630 – IAPI da Penha x Saens Peña (via Mangueira)

Viação Penha Rio – B10560 / CAIO Apache Vip II SC MB OF-1519
Linha: 630 – IAPI da Penha x Saens Peña (via Mangueira)

Anúncios

Conhecendo a Grande Vitória: O sistema municipal de Vitória

Dando prosseguimento a nossa série Conhecendo a Grande Vitória, na postagem de hoje, iremos abordar sobre o sistema municipal de Vitória. Mas antes, um pouco da história da cidade!

A história da Vitória

Vitória surgiu devido aos constantes ataques indígenas, franceses e holandeses a Vila Velha, que era a capital da capitania do Espírito Santo. Os portugueses decidiram então mudar a capital e escolheram uma ilha próxima ao continente, chamada pelos índios de Ilha de Guanaani. A Vila Nova do Espírito Santo, como era denominada, foi fundada em 8 de setembro de 1551 e posteriormente denominada Vitória, em memória da vitória em uma grande batalha comandada pelo donatário da capitania, Vasco Fernandes Coutinho, contra os Goitacases.
Até o século passado, os limites da capital capixaba eram o atual Forte de São João, onde atualmente está localizado o Clube de Regatas Saldanha da Gama, próximo ao centro da cidade, e também o morro onde funciona o atual hospital da Santa Casa de Misericórdia, no bairro Vila Rubim. A cidade foi sendo construída nas partes altas, o que deu origem a diversas ruas estreitas. A parte de baixo foi sujeita a ataques e devido a isso foram construídos vários fortes na beira do mar.

Instituto dos Advogados de Vitória (foto superior) e Centro Histórico (foto inferior)  – Fotos extraídas do Wikipédia

Em 24 de fevereiro de 1823 (17 de março de 1829 ?) a vila de Vitória foi elevada a cidade, mas seu isolamento insular evitava seu desenvolvimento. A partir do ano de 1894, com o ciclo do café, iniciaram-se na ilha diversos aterros nas partes baixas da cidade, alterando a forma da ilha e modernizando-a. Foram construídas após disso diversos bairros, escadarias e foram derrubados casarões. Além disso foi melhorado o saneamento.
Em 1941 surgiu o primeiro cais na capital e em 1927 a ponte que ligou a ilha ao continente. O porto se desenvolveu. Em 1949 foram feitos mais aterros e foram construídas amplas avenidas. Depois dessas várias mudanças a cidade tornou-se o maior centro do Espírito Santo. Em 1970 o Porto de Vitória se tornou um dos mais importantes do país, e a capital começou a se industrializar. A modernização da ilha gerou o desaparecimento de quase todos os vestígios da Colônia e do Império na ilha.

Para acessar Vitória, foram construídas 3 pontes:

– A Ponte Florentino Avidos (também conhecida por 5 Pontes), que liga a Rodoviária ao bairro (e terminal Transcol) de São Torquato, que foi construída em 1927
– A Ponte do Príncipe (conhecida por 2ª Ponte), que liga à Av. Nair Azevedo Silva (bairro Ilha do Príncipe) à Rodovia Carlos Lindenberg (Vila Velha), inaugurada em 1979
– E a Ponte Deputado Darcy Castello de Mendonça (ou a 3ª Ponte), integrante da ES-060 (Rodovia do Sol), que liga a Reta da Penha ao Centro de Vila Velha. A 3ª Ponte é considerada uma das 10 maiores pontes do país, com um vão central de 70m de altura (o 2º maior)

E o sistema municipal é composto por 56 linhas, com uma frota de 342 veículos, divididos entre 3 empresas: Viação Grande Vitória (esta também opera linhas do sistema Transcol), Viação Tabuazeiro e Unimar Transportes (outra que opera no sistema Transcol). Não há uma numeração padrão para as empresas. A tarifa dos ônibus convencionais é de R$ 2,35 e a dos ônibus seletivos, R$ 2,50. Vejam abaixo uma galeria de fotos com ônibus das 3 empresas, confiram!

Galeria de fotos: Viação Novacap adquire novos Foz Super OF-1519

Dando início à sua única aquisição de carros novos em 2012, a Viação Novacap adquiriu recentemente 30 novos Foz Super II. Com o chassi Mercedes Benz OF-1519, esta é a primeira compra feita pela empresa atendendo as normas Proncove 7/Euro 5. A configuração pedida pela empresa foi idêntica aos anteriores (convencional sem cobrador) e  estão rodando nas linhas 624 (Mariópolis x Praça da Bandeira), 917 (Realengo x Bonsucesso) e SV917 (Realengo x Bonsucesso via R. Marina) e chegaram substituindo os últimos carros não padronizados da empresa (Foz Super I e Spectrum City OF-1418). E você verá aqui uma galeria com fotos de alguns deles, confiram!

Viação Novacap – B51537 / CAIO Foz Super II MB OF-1519
Linha: 624 – Mariópolis x Praça da Bandeira

Viação Novacap – B51584 / CAIO Foz Super II MB OF-1519
Linha: 624 – Mariópolis x Praça da Bandeira

Viação Novacap – B51594 / CAIO Foz Super II MB OF-1519
Linha: 624 – Mariópolis x Praça da Bandeira

Viação Novacap – B51597 / CAIO Foz Super II MB OF-1519
Linha: 624 – Mariópolis x Praça da Bandeira

Viação Novacap – B51598 / CAIO Foz Super II MB OF-1519
Linha: 624 – Mariópolis x Praça da Bandeira

E amigos, não esqueçam de duas coisas: Curtir nossa página no Facebook (http://www.facebook.com/portaflumibussrj) e votar no Prêmio Top Blog, para quem sabe este humilde espaço seja contemplado! Ano passado chegamos aos 3 mais, mas perdemos na última. Quem sabe esse ano nós conseguimos ser o primeiro?

Recantos ‘peculiares’ do Rio: Rua Viúva Cláudio – Buraco do Lacerda

Hoje estreando a série Recantos do Rio, edição Recantos peculiares, vamos conhecer um pouco da história da Rua Viúva Cláudio, no Jacaré, onde tem uma passagem subterrânea intitulado Buraco do Lacerda.

A passagem subterrânea conhecida por Buraco do Lacerda…

Na década de 1960, o governador Carlos Lacerda promoveu a ida de várias indústrias para o bairro de Jacaré, criando o chamado “Complexo Industrial do Jacaré”, entre o rio Jacaré, as ruas Viúva Cláudio e Bráulio Cordeiro. Também abriu uma passagem por baixo da Linha Auxiliar – atual ramal de Belford Roxo, ligando o bairro a avenida Dom Helder Câmara (antiga Suburbana), ganhando dos moradores o nome de “Buraco do Lacerda”.

Mas a idealização do Buraco não foi pensada em uma questão. Em dias de chuva forte, a passagem fica completamente alagada, impossibilitando a passagem dos veículos. Inclusive, já houve caso em que carro da linha 629 ficasse submerso ali, como podem ver na foto abaixo

Gran Via Midi I B73012 da Rubanil submerso no Buraco do Lacerda. Crédito da foto: Marcos Tristão

Mas como nem tudo são flores, por muitos anos, a região do Buraco do Lacerda era muito – mas muito perigosa, com boca-de-fumo, viciados em crack, fora a insegurança do local. Com a recente pacificação de Jacarezinho, a esperança dos moradores é que a paz volte a reinar por ali. E nesta postagem, confiram algumas fotos registradas no local.
Obs: As fotos foram colocadas em forma de galeria por não ter tido tempo hábil de preparar as legendas, mas conforme for, vou atualizando-as. Crédito das fotos: Gabriel Petersen Gomes

Conhecendo a Grande Vitória: As super-linhas 561 e 562

Marcando a nova era do Portal Flumibuss, agora intitulado de 2.0, hoje iremos começar uma série de postagens sobre a Região Metropolitana de Vitória. Na primeira postagem, vamos conhecer as super-linhas 561 e 562

Criadas em Julho deste ano, as linhas 561 (Terminal Campo Grande x Terminal Jacaraípe) e 562 (Terminal Campo Grande x Terminal Laranjeiras) foram idealizadas à fim de atender usuários as linhas fragmentadas que operam no trajeto da 561/2. Ambas só rodam aos domingos e feriados.

A linha 561 substitui as linhas 515 (Terminal Laranjeiras x Terminal Campo Grande), 523 (Terminal Jacaraípe x Terminal Jardim América) e 572 (Terminal Laranjeiras x Terminal São Torquato), enquanto que a 562 substitui as linhas 509 (Terminal Carapina x Terminal Campo Grande), 527 (Terminal Carapina x Terminal Jardim América), 559 (Terminal Laranjeiras x Terminal São Torquato – via Terminal Carapina) e 742 (Terminal Campo Grande x Terminal São Torquato – via Terminal Jardim América).
No começo, como há um público maciço nestas linhas, a ideia era que ambas rodassem com ônibus articulados. Mas como há poucos articulados na Grande Vitória, apenas a 561 os usufrui, enquanto que os da 562 passam aperto com os carros convencionais. Para terem uma noção, o trajeto ida + volta da 561 é feito em 2 horas e meia e da 562 em 2 horas.

Nesta galeria, fotos de alguns carros operando nas super-linhas.

Viação Grande Vitória – 13181 / CAIO Millenium II MB O-500MA
Linha: 561 – Terminal Jacaraípe x Terminal Campo Grande (via Dante Michelini)

Santa Zita Transportes Coletivos – 20271 / Busscar Urbanuss Pluss MB O-500MA
Linha: 561 – Terminal Jacaraípe x Terminal Campo Grande (via Dante Michelini)

Santa Zita Transportes Coletivos – 20274 / Busscar Urbanuss Pluss MB O-500MA
Linha: 561 – Terminal Jacaraípe x Terminal Campo Grande (via Dante Michelini)

Santa Zita Transportes Coletivos – 20278 / Busscar Urbanuss Pluss Volvo B12M
Linha: 561 – Terminal Jacaraípe x Terminal Campo Grande (via Dante Michelini)

Serramar Transporte Coletivo – 17193 / Busscar Urbanuss Pluss MB O-500MA
Linha: 561 – Terminal Jacaraípe x Terminal Campo Grande (via Dante Michelini)

Viação Netuno – 25349 / Marcopolo Torino VW 17.230 EOD
Linha: 562 – Terminal Laranjeiras x Terminal Campo Grande (via Reta da Penha)

Viação Netuno – 25353 / Marcopolo Torino VW 17.230 EOD
Linha: 562 – Terminal Laranjeiras x Terminal Campo Grande (via Reta da Penha)

Viação Grande Vitória – 13208 / CAIO Apache Vip II MB OF-1722M
Linha: 562 – Terminal Laranjeiras x Terminal Campo Grande (via Reta da Penha)

Viação Netuno – 25337 / Marcopolo Torino VW 17.230 EOD
Linha: 562 – Terminal Laranjeiras x Terminal Campo Grande (via Reta da Penha)

Nas próximas semanas, mais postagens conhecendo a Grande Vitória! \o/ E ah, não deixem de votar no prêmio Top Blog, que está na 2ª fase e este humilde espaço foi um dos 100 finalistas! \o/