Os New’s Torinos da Salineira Municipal

O Portal Flumibuss foi neste mês de Março na badalada cidade de Cabo Frio, na região dos Lagos, e conferiu um pouco da operação dos novos Marcopolo New Torinos adquiridos pela Auto Viação Salineira, a operadora do transporte municipal da cidade. Com os chassis Mercedes Benz OF-1724L (com suspensão à ar, que virará padrão do grupo), os novos ônibus vieram com pintura exclusiva para o transporte municipal (que, curiosamente, é licitado desde 2011), ar-condicionado (outro novo padrão do grupo) e letreiros FRT branco. São 5 unidades, do 300 ao 304, cujas linhas contempladas foram as linhas 355 (Avenida do Contorno x Shopping Park Lagos) e 356 (São Cristóvão x Tangará) e já tiveram aceitação dos passageiros e renderam o apelido de “vermelhinhos”. Veja uma galeria com as fotos deles, confiram!

Auto Viação Salineira – http://www.salineira.com.br
Avenida Central, 81 – Jardim Excelsior, Cabo Frio/RJ

As fotos aqui registradas são datadas de 13/03/2015. Mantenha os créditos.

Salineira Cabo Frio 007 Salineira Cabo Frio 006 Salineira Cabo Frio 005 Salineira Cabo Frio 004 Salineira Cabo Frio 003 Salineira Cabo Frio 002 Salineira Cabo Frio 001 Salineira Cabo Frio 008

Anúncios

Corte de linhas da Zona Sul começa em Julho, com polêmicas

Das 123 linhas que rodam na região, 78 serão extintas. Destas 78, a grande maioria será das linhas radiais Norte x Sul.

P1120446

Linhas como 119, 121, 132 serão incorporados às linhas Troncais (T) que serão baseados nas linhas convencionais atualmente.

Foi anunciado hoje, a relação dos itinerários das 16 linhas que os passageiros que utilizam as atuais linhas que trafegam na Zona Sul terão que começar a se acostumar. Os itinerários enxutos fazem parte do plano de racionalização da Zona Sul que a Prefeitura do Rio porá em prática a partir de Julho, em etapas graduais. O plano ainda está em fase de elaboração, que será concluído até Junho, um mês antes do início do plano. Serão 8 linhas troncais (do T1 ao T8), 7 linhas integradoras (do I1 ao I7) e mais uma grande circular turística, pegando a orla de Leblon, Ipanema e Copacabana. A Prefeitura pretende tirar 700 ônibus – de forma definitiva (por estarem com a idade vencida, que é de 8 anos) – de circulação da região, diminuindo assim de 2000 para 1300 ônibus.

Diagrama mostrando como serão as linhas T, I e a circular turística para atender a Zona Sul.

Das 52 linhas Radiais Norte x Sul (as da centena 4), somente 4 deverão sobreviver:

– 432 (Vila Isabel x Gávea-PUC via Túnel Santa Bárbara), da Vila Isabel
– 435 (Grajaú x Gávea-PUC via Túnel Santa Bárbara e Real Grandeza), da Estrela Azul
– 460 (Maracanã x Leblon via Túnel Rebouças), da Real
– 461 (Maracanã x Ipanema via Túnel Rebouças), da Braso Lisboa

As linhas da centena 3 via Zona Sul serão cortadas do Centro e passarão a integrar a centena 5 (Barra e Jacarepaguá x Zona Sul), enquanto que as circulares da São Silvestre deverão se resumir a tão somente a 511/2 (Urca x Leblon) e 583/4 (Cosme Velho x Leblon). Confira abaixo, a relação completa dos itinerários das 16 linhas que passarão a ser comuns na Zona Sul, junto com as linhas atuais que as correspondem

A linha 125 deverá ser uma das linhas que sobreviverão ao corte proposto para a Zona Sul, incorporando a 121 ao trajeto.

A linha 125 deverá ser uma das linhas que sobreviverão ao corte proposto para a Zona Sul, incorporando a 121 ao trajeto.

T1:  Praça General Osório (Ipanema), Copacabana, Botafogo e Central, via Aterro do Flamengo – com extensão para a Rodoviária, pela Avenida Rodrigues Alves e pela Avenida Presidente Vargas;
Atualmente, corresponde à 125 (General Osório x Central), da Nossa Senhora das Graças – que deverá incorporar as linhas 120 (Central x Prado Junior), 121 (Central x Copacabana) e 190 (Rodoviária x Leme), ambos da Real.

Linha 154 deverá incorporar as irmãs 119 e 136 no novo plano

Linha 154 deverá incorporar as irmãs 119 e 136 no novo plano

T2: Praça General Osório, Copacabana, Praia de Botafogo, Praia do Flamengo e Central;
Atualmente, a corresponde à 154 (Jardim de Alah x Central), da São Silvestre – que deverá incorporar as linhas 119 (Copacabana x Candelária) e 136 (Copacabana x Rodoviária), também da São Silvestre

A 132 deverá se fundir à sua maior rival, a 177. Com um poder maior, será que o comando da linha passa a ser dela?

A 132 deverá se fundir à sua maior rival, a 177. Com um poder maior, será que o comando da linha passa a ser dela?

T3: Gávea, Avenida Visconde de Albuquerque, Leblon, Ipanema, Cantagalo, Copacabana, Botafogo e Central – pode ser estendida pela Autoestrada Lagoa-Barra até São Conrado;
Atualmente, corresponde à 177 (São Conrado x Central), da Gire, que deverá incorporar as linhas 132 (Leblon x Central), da Real e 539 (Rocinha x Leme), do pool com a Gire, Alpha e Nossa Senhora das Graças

T4: Gávea, Avenida Visconde de Albuquerque, Leblon, Ipanema, Cantagalo, Copacabana, Botafogo, Aterro do Flamengo, Praça XV – pode ser estendida pela Autoestrada Lagoa-Barra até São Conrado;
Atualmente, corresponde à 130 (Leblon x Praça XV), do pool com a Alpha, Braso Lisboa, Nossa Senhora das Graças, Real, São Silvestre, Auto Viação Tijuca e Vila Isabel

T5: Gávea, Jardim Botânico, Botafogo, Praia de Botafogo, Praia do Flamengo, Avenida Presidente Vargas, Central – XV – pode ser estendida pela Autoestrada Lagoa-Barra até São Conrado;
Atualmente, corresponde à 170 (Gávea x Rodoviária) e à 172 (São Conrado x Central), ambos da Real (172 com Estrela Azul no pool)

T6: Gávea, Jardim Botânico, Botafogo, Praia de Botafogo, Praia do Flamengo e Praça XV – pode ser estendida pela Autoestrada Lagoa-Barra até São Conrado;
Atualmente, corresponde à 131 (São Conrado x Praça XV)do pool com a Alpha, Braso Lisboa, Estrela Azul, Nossa Senhora das Graças, Real, São Silvestre, Auto Viação Tijuca e Vila Isabel

T7: São Conrado, Avenida Niemeyer, Avenida Visconde de Albuquerque, Jardim Botânico, Botafogo;
Atualmente, corresponde à 548 (Alvorada x Metrô Botafogo), da Vila Isabel

T8: São Conrado, Gávea, Jardim Botânico e Botafogo;
Das 8, somente esta não há uma linha que corresponda com o itinerário proposto.

Linhas Integradoras (I)

I1: Terminal Alvorada, São Conrado, Gávea, Avenida Visconde de Albuquerque, orla do Leblon, orla de Ipanema, orla de Copacabana e Botafogo;
Será a atual 332 (Alvorada x Castelo), da Redentor, que deverá ser convertida na atual LECD10 (Projac x Rio Sul, com retorno em Botafogo), também da Redentor

I2: Terminal Alvorada, orla da Barra, orla do Leblon, orla de Ipanema e Copacabana;

I3: Jardim de Alah, Ipanema, Lagoa (Avenida Borges de Medeiros), Túnel Rebouças, Rodoviária e Terminal Maracanã;
Atualmente, corresponde à 460 estendida (Maracanã x Leblon), da Real

I4: Jardim de Alah, Lagoa (Avenida Epitácio Pessoa); Túnel Rebouças, Rodoviária e Terminal Maracanã;
Atualmente, corresponde à 461 estendida (Maracanã x Ipanema), da Braso Lisboa

I5: Copacabana, Cantagalo, Lagoa, Túnel Rebouças, Rodoviária e Terminal Maracanã;
Atualmente, corresponde à 462 (São Cristóvão x Copacabana / Corte do Cantagalo – via Maracanã), que passará a terminar a viagem no Maracanã.

I6: Botafogo, Praia de Botafogo, Túnel Santa Bárbara, Rodoviária e Terminal Maracanã – pode ir também por Laranjeiras para pegar o Túnel Rebouças;
Atualmente, corresponde às linhas 126 (Copacabana x Rodoviária), da Real; 432 (Vila Isabel x Gávea), da Vila Isabel e a 435 (Grajaú x Gávea), da Estrela Azul.

I7: Jardim de Alah; Praça General Osório, Copacabana, Túnel Velho e Botafogo;
Se confirmado, será uma remodelação da linha 503 (Ipanema x Alto Leblon), operado pela Estrela Azul e Braso Lisboa.

C: Urca, Botafogo, Jardim Botânico, Avenida Visconde de Albuquerque, orla do Leblon, orla de Ipanema, orla de Copacabana, Urca – pode seguir ainda por Laranjeiras e Cosme Velho em vez de seguir por Botafogo.
As linhas 511/2 (Urca x Leblon) terá incorporamento das linhas 569/70 (Cosme Velho x Leblon via Largo do Machado), todas da São Silvestre.


Opinião da Redação:
A polêmica se cerca diante da extinção das linhas da centena 4, pois grande parte das empresas que tem linhas nesta centena tira o caixa a partir destas linhas, citando como exemplo a Acari, que tira o caixa da empresa a partir das linhas 456 (Norte Shopping x General Osório) e 457 (Abolição x General Osório); a Braso Lisboa, que tira o caixa da empresa apartir da linha 474 (Jacaré x Jardim de Alah) e a City Rio, que tira o caixa a partir das linhas 483 (Penha x General Osório) e 484 (Olaria x Copacabana). Qual será a compensação que a Prefeitura dará para as empresas que serão diretamente afetadas? A Prefeitura irá mandar as empresas adquirirem ônibus articulados para as linhas troncais? Pois se houver a racionalização, mas não houver a mudança do tipo de ônibus escalados, qual a diferença que irá ter? Pois o aperto será cinco vezes pior, os passageiros das linhas 460, 461, 462 e 463 no horário de rush que o digam.