Ônibus municipal do Rio aumenta a passagem de R$ 3,40 para R$ 3,80

A tarifa modal passa de R$ 3,40 para R$ 3,80, já a partir de sábado, 02/01

P1210046

Uma das razões para o aumento é o saldo de 680 ônibus que os consórcios deveram para completar os 2.235 ônibus que deveriam ter sido adquiridos em 2015. Foto: Gabriel P. Gomes | Acervo: Portal Flumibuss RJ

No último dia de 2015, o Prefeito do Rio Eduardo Paes publicou o decreto que estabeleceu o reajuste nos ônibus municipais. Com uma alta de 11,7%, os ônibus passarão de R$ 3,40 para R$ 3,80, já a partir da 00h de sábado, 02 de Janeiro. As linhas executivas, que atualmente custam de R$ 9,00 à R$ 14,65, serão reajustadas mais adiante.

Porém, o reajuste não está agradando ninguém que utiliza as linhas municipais. Em páginas do Facebook, sobrou reclamações para o secretário Rafael Picciani, para o prefeito e até para o empresário, Jacob Barata. Dentre as principais reclamações, estão o não cumprimento da meta de 100% da frota climatizada, o estado dos ônibus – principalmente do Consórcio Santa Cruz, e o corte das linhas na Zona Sul. Inclusive, um dos cálculos que foram incluídos no cálculo da passagem, foi a devolução proporcional de 680 ônibus que deixaram de ser adquiridos pelos 5 consórcio. Dos 2.253 ônibus que os consórcios deveriam adquirir, somente 1.573 ônibus foram adquiridos, conforme mostra o cálculo publicado hoje no Diário Oficial.

Tabela 2

Este é o segundo aumento de 0,40 centavos feito em dois anos… No início de 2015, com a promessa de que até 2016 100% das viagens fossem feitas em ônibus com ar, a passagem foi reajustada de R$ 3,00 para R$ 3,40. Para o reajuste desta virada de ano, as empresas tentaram empurrar um aumento para R$ 3,90, pois segundo os representantes das empresas, 6 empresas não conseguiriam operar abaixo de R$ 3,80. O decreto do Prefeito pode ser encontrado no Diário Oficial de hoje, acessando o link > http://bit.ly/1mmgsdU

P1220539

Foto: Gabriel Petersen Gomes | Portal Flumibuss RJ

Anúncios

Segunda parte da racionalização da Zona Sul começa em Janeiro

P1220426

Linha 170, uma das que serão extintas já no dia 09 de Janeiro. Será substituída pela Troncal 5 – Alto Gávea x Central. Foto: Gabriel P. Gomes

O ano de 2016 começa com novidades que mais uma vez vão mexer com a rotina de passageiros de 11 linhas. A Secretaria Municipal de Transportes anunciou nesta semana, os detalhes das duas primeiras fases da segunda parte da racionalização das linhas da Zona Sul, que começará no dia 09 de Janeiro – com a extinção de 7 linhas e a criação de 4 novas. No dia 16, outras 4 linhas terão seus trajetos reduzidos.

Dia 09 de Janeiro: Serão extintas as linhas 143, 161, 162, 170, 172, 173 e 178 e em seus lugares surgirão as novas troncais 5, 9 e 10, além da nova linha 112 – Alto Gávea x Rodoviária – via Túnel Rebouças.

Dia 16 de Janeiro: As linhas 413, 475 e 484 terão seus trajetos encerrando no Centro da cidade e a linha 474 terá seu trajeto, além de encurtado para o Arpoador, desviado para o Túnel Santa Bárbara.

Veja a relação completa abaixo de todas as alterações

Dia 09 de Janeiro:
Tabela 1

Dia 16 de Janeiro:
Tabela 2

Até Março de 2016, a Prefeitura espera ter reduzido 35% da frota que circula pela Zona Sul, acabando assim com a tal sobreposição de linhas, tornando o trânsito mais eficiente. Mas só para os carros, pois os passageiros estarão mais descobertos do que nunca, já que com menos opções de trajeto, os ônibus das novas linhas circularão mais cheios, gerando desconforto e muita reclamação.

P1220342

Alvo de muita polêmica por parte de ONG’s, a linha 474 será reduzida ao Arpoador, deixando de seguir até o Jardim de Alah e de passar pelo Centro do Rio. Foto: Gabriel P. Gomes

Prefeitura do Rio determina a redução da linha 740D para o Leme

Dizem que alegria de pobre dura pouco… Mesmo a Prefeitura tendo afirmado desde o começo do plano de racionalização da Zona Sul que não mexeria nas linhas intermunicipais, hoje saiu no Diário Oficial do Município uma resolução determinando que as empresas 1001 e Braso Lisboa reduzam as linhas 740D/2740D, que saem de Charitas e iam até Copacabana (onde estavam fazendo ponto final próximo ao Posto 6) para o Leme, de onde saíram há 4 anos por conta da implantação do corredor BRS na Avenida Nossa Senhora de Copacabana.

P1210655

Um dos novos ônibus que foram adquiridos pela 1001 em 2015 na 740D. A redução do itinerário já vale a partir de hoje. Foto: Gabriel Petersen Gomes

De acordo com a resolução, a medida, que vale a partir de hoje, visa reduzir os engarrafamentos na duas principais vias de Copacabana (corredor Rua Barata Ribeiro-Rua Raul Pompeia e Avenida Nossa Senhora de Copacabana), preservando o meio ambiente, e amparado pela Lei Orgânica do Município, que autoriza o poder público municipal à fazer quaisquer alterações sobre as linhas de ônibus – municipais e intermunicipais – que circulem dentro do território da cidade do Rio de Janeiro. Ainda segundo a resolução, esse será o itinerário praticado pelas linhas dentro do Rio:

Sentido Leme >  … Ponte Presidente Costa e Silva (Ponte Rio-Niterói), Viaduto do Gasômetro, Av. Francisco Bicalho (pista central), Viaduto dos Pracinhas, Av. Presidente Vargas (pista central), agulha de acesso para pista lateral, Av. Presidente Vargas (pista lateral), Rua Carmo Neto, Rua Benedito Hipólito, Elevado 31 de Março, Túnel Santa Barbara, Viaduto Engenheiro Noronha, Rua das Laranjeiras, Rua Soares Cabral, Rua Almirante Benjamin Sodré, Viaduto Jardel Filho, Rua Conde de Baependi, Praça José de Alencar, Rua Marques de Abrantes, Praia de Botafogo, Viaduto Pedro Álvares Cabral, Rua Clotilde Guimarães, Rua da Passagem, Rua General Góis Monteiro, Av. Lauro Sodré, Túnel do Leme (galeria Engº Marques Porto), Av. Princesa Isabel, Rua Barata Ribeiro, Av. Prado Júnior, Av. Atlântica (pista sentido Leme), Praça Almirante Júlio de Noronha, Rua Gustavo Sampaio (ponto terminal entre a Praça Almirante Júlio de Noronha e a Rua Martim Afonso)

Sentido Charitas > Rua Gustavo Sampaio, Rua Martim Afonso, Av. Atlântica, Av. Princesa Isabel, Túnel do Leme (galeria Engº Coelho Cintra), Av. Lauro Sodré, Av. Venceslau Brás, Av. Pasteur, Viaduto Pedro Álvares Cabral, Praia de Botafogo, Rua Senador Vergueiro, Praça José de Alencar, Rua do Catete, Largo do Machado, Rua das Laranjeiras, Rua Erfurt, Viaduto Engenheiro Noronha, Túnel Santa Barbara, Av. 31 de Março, Praça General Pedra, Av. Presidente Vargas (pista lateral), Av. Francisco Bicalho (pista lateral), acesso pista central, Av. Francisco Bicalho (pista central), Viaduto do Gasômetro, Ponte Presidente Costa e Silva (Ponte Rio Niterói), …

Embora o itinerário determinado pela Secretaria de Transportes seja via Largo do Machado, as empresas 1001 e Braso Lisboa praticam o itinerário via Rua Pinheiro Machado, dando uma opção mais rápida à 750D (Charitas x Gávea), que só possui poucos horários via Santa Úrsula.

Em 2 meses, 3 alterações de itinerário e passageiros perdidos.

O estica-e-puxa feito na Charitas x Ipanema já não é de agora. Com o fim dos pontos finais das linhas da Zona Norte na Praça General Osório em Outubro, a 1001 e a Braso Lisboa esticaram a linha até o Shopping Leblon, beneficiando quem precisa ir até o final de Ipanema. Semanas depois, por pressão da Prefeitura, as empresas reduziram do Jardim de Alah para Copacabana – fazendo ponto final na Rua Francisco Otaviano. Agora, a Prefeitura determina a redução, novamente, até o Leme, de onde saiu há 4 anos se beneficiando da implantação do corredor BRS em Copacabana. Até o fechamento desta publicação, não houve nenhuma nota oficial por parte da 1001 e do Detro-RJ.

 

P1210863

Foto: Gabriel Petersen Gomes

Opções para seguir o itinerário original da 740D:

Sentido Ipanema: Desembarcar no ponto BRS 3, I – Visconde de Ouro Preto (Praia de Botafogo), caminhar 200 metros adiante e, no ponto BRS 1, 2 – Botafogo Praia Shopping, embarcar no ônibus da linha Troncal 2 (Rodoviária x General Osório) ou Troncal 6 (Rodoviária x Jardim de Alah)

Sentido Charitas: Embarcar no ponto final da linha Troncal 2 (Lateral Oeste da Praça General Osório) até o ponto BRS 1, 2, 3, I – Visconde de Ouro Preto, e embarcar no ônibus da 740D.