Novo BRT da Caprichosa Auto Ônibus

Caprichosa Auto Ônibus, integrante de 3 dos 5 consórcios da cidade do Rio (Internorte, Transcarioca e Operacional BRT), começou a receber desde o início do mês, mais veículos para aumentar a sua participação no Consórcio Operacional BRT. Após receber um novo Marcopolo Viale BRT, fabricado em 2015, a empresa sediada em Parada de Lucas começa a receber mais 10 novos articulados que irão compor a frota do BRT Transcarioca. Fabricados pela Neobus e equipados com o chassi Mercedes Benz O-500MDA, de 23 metros, os novos ônibus – modelo Mega BRT da 2ª geração – vêm para aumentar a capacidade do corredor que liga o Terminal Alvorada, na Barra da Tijuca, à Ilha do Fundão e ao Aeroporto do Galeão, na Ilha do Governador – Zona Norte do Rio. Além de ser os primeiros veículos de 23 metros à operar neste corredor. Em rápida passagem por Duque de Caxias, o Portal Flumibuss registou a passagem de um destes 5 em direção à garagem da Transportes Santo Antônio (empresa que controla a Caprichosa) e você confere o registro rápido dele agora:Caprichosa 001Caprichosa 002

(Atualizado em 23/03/16 às 23:50)

Anúncios

Auto Viação Bangu é comprada pelo Grupo Redentor

A negociação foi concluída nesta semana e as primeiras mudanças começam já nesta segunda-feira.

P1220752

A Auto Viação Bangu foi comprada pelo Grupo Redentor e o grupo inicia a gestão na empresa a partir de segunda (14/03). Foto: Gabriel P. Gomes

Uma negociação entre as empresas de ônibus do Rio de Janeiro pegou muitos de surpresa. O Grupo Redentor, encabeçada pela Viação Redentor – do Consórcio Transcarioca, finalizou a compra da Auto Viação Bangu, pertencente ao Consórcio Santa Cruz, numa negociação que muitos não acreditavam que fosse concretizada. A Bangu, com 54 anos de fundação, está passando por uma série crise financeira e de manutenção – consequência da absorção das linhas da antiga Oriental em 2010. A dívida da empresa ultrapassava a marca de R$ 40 milhões. Em uma série de reuniões, foram definidos todos os trâmites relacionados às partes administrativa, operacional e de frota. Veja o que muda:

  • Administrativa: Será feita uma mudança total na equipe que dirigirá a Bangu daqui em diante. A compra não envolve a outra empresa que era ligada à Bangu, a Lacosta Turismo. A mesma está sendo negociada em parte com outras empresas.
  • Operacional: A garagem da empresa, também adquirida na operação, e localizada em Magalhães Bastos, será dividida entre a Bangu e a Transportes Barra. Além da garagem localizada na Estrada General Canrobert da Costa, foi adquirido também um terreno com 9 propriedades, para posterior expansão da garagem. Será aplicado o padrão Redentor às linhas da empresa, variando de linha para linha, à definir.
  • Frota: Para melhorar os intervalos das linhas da empresa, serão transferidos 40
    P1230163

    Foto: Gabriel Petersen Gomes

    ônibus, em curto prazo, da Redentor e Futuro para a Bangu, tapando os buracos existentes na frota da empresa. Com o tempo, serão desativados todos os ônibus fabricados pela Mascarello, modelo Gran Via e Gran Via Midi, anos 2008, 2009 e 2010 e só terão os ônibus fabricados pela CAIO, modelo Apache Vip, em 2014, além do “filho único” fabricado pela Mascarello em 2015, o carro D58625, à pedido da (agora antiga) direção da empresa.

A compra da Bangu pelo Grupo Redentor é vista, por pessoas ligadas às duas empresas, como uma resposta à perda de receita ocasionada pelos sucessivos cortes feitos em sua área original de operação (a região de Jacarepaguá), por conta da implementação do BRT Transcarioca, assim sendo, uma alternativa para recuperar todo o lucro perdido com estes cortes, além de dar um suporte à Transportes Barra, que teve um crescimento considerável dentro do Consórcio Santa Cruz, com a absorção das linhas da Viação Andorinha e Viação Algarve, ambas empresas extintas entre 2014 e 2015.

Molde Notícia 7 (2)

Grupo Redentor e Bangu agora juntas. Arte: Gabriel Petersen Gomes

Primeira etapa de ajustes após a racionalização começa neste sábado (12)

Atendendo a demanda dos passageiros, a SMTR promoverá alterações em 11 linhas que circulam pela Zona Sul.

P1230356

Uma das novidades é a criação de um serviço rápido da 455 passando pelo Túnel Rebouças. Foto: Gabriel P. Gomes

Após ser constatado que, após 5 meses, os cariocas reprovaram a racionalização imposta na Zona Sul, a Secretaria Municipal de Transportes anunciou mudanças operacionais em 11 linhas que circulam pela Zona Sul e que são válidas a partir deste sábado (12/03) e do subsequente (19/03). Serão 7 alterações de itinerário e outras 4 linhas terão reforço na frota para reduzir intervalos, além de oferecer ônibus com ar, e beneficiam o Grande Méier, a Grande Tijuca, Laranjeiras, Gávea, Lagoa, Jardim Botânico, Botafogo e a Barra da Tijuca. Dentre as novidades estão a criação de um serviço rápido para a linha 455 passando pelo Túnel Rebouças e Humaitá, criando assim, um acesso direto do Méier para estes bairros – além do interior de Botafogo, já que anteriormente para chegar a estes bairros, era necessário pegar dois ônibus.

 

Veja a relação das mudanças abaixo:

Reforço na frota, válidos a partir de 12/03:

  • 309 – Alvorada x Central – via Jardim Botânico: Aumento de 25% na frota da linha (de 21 para 26 ônibus), para atender aos moradores da Barra da Tijuca, Jardim Botânico e Botafogo
  • 435 – Grajaú x Gávea – via Túnel Santa Bárbara: Aumento de 20% na frota da linha (de 37 para 44 ônibus), para atender aos moradores do Grajaú e Vila Isabel
  • Troncal 7 (117) – Central x Cosme Velho – via Túnel Santa Bárbara: Aumento de 20% na frota da linha (de 19 para 23 ônibus), todos com ar-condicionado para qualificar a viagem e reduzir os intervalos para os moradores do Cosme Velho e Laranjeiras.
  • Troncal 8 (118) – Rodoviária x Cosme Velho – via Praça Mauá: Aumento de 45% na frota da linha (de 21 para 29 ônibus), todos com ar-condicionado para qualificar a viagem e reduzir os intervalos.

Alterações de itinerário:

– A partir de 12/03:

  • 433: De Vila Isabel x Praia de Botafogo para Vila Isabel x Prado Junior (via Lapa) *
    Motivo: Criação de acesso direto à Copacabana
    Novo itinerário: Normal até a Praia do Flamengo, após, Praça Cuauhtemoque, Avenida Oswaldo Cruz, Praia de Botafogo, Viaduto Pedro Álvares Cabral, Rua

    P1220840

    Linha 433, que agora será Prado Junior

    Clotilde Guimarães, Rua da Passagem, Rua General Gois Monteiro, Avenida Lauro Sodré, Túnel Engenheiro Marques Porto, Avenida Princesa Isabel, Praça Demétrio Ribeiro, Avenida Prado Junior, Avenida Atlântica, Avenida Princesa Isabel, Túnel do Leme (galeria Coelho Cintra), Avenida Lauro Sodré, Avenida Venceslau Braz, Avenida Pasteur, Viaduto Pedro Álvares Cabral, Praia de Botafogo (pista lateral), Praça Nicarágua, de onde segue o itinerário normal sentido Vila Isabel

  • 464: De Maracanã x Praia de Botafogo para Maracanã x Siqueira Campos (via Lapa)
    Motivo: Criação de acesso direto à Copacabana
    Novo itinerário: Normal até a Praia do Flamengo, após, Praça Cuauhtemoque, Avenida Oswaldo Cruz, Praia de Botafogo, Viaduto Pedro Álvares Cabral, Rua Clotilde Guimarães, Rua da Passagem, Rua General Gois Monteiro, Avenida Lauro Sodré, Túnel Engenheiro Marques Porto, Avenida Princesa Isabel, Praça Demétrio Ribeiro, Rua Barata Ribeiro, Praça Cardeal Arcoverde, Rua Tonelero, Rua Siqueira Campos, Avenida Nossa Senhora de Copacabana, Avenida Princesa Isabel, Túnel do Leme (galeria Coelho Cintra), Avenida Lauro Sodré, Avenida Venceslau Braz, Avenida Pasteur, Viaduto Pedro Álvares Cabral, Praia de Botafogo (pista lateral), Praça Nicarágua, de onde segue o itinerário normal sentido Maracanã
  • 455: Criação da SV455 – Méier x Copacabana via Túnel Rebouças e Humaitá (Circular)
    Motivo: Criação de acesso rápido e alternativo à Copacabana e Humaitá
    Itinerário CIRCULAR: Avenida Amaro Cavalcanti, Rua Medina, Rua Ana Barbosa, Rua Hermengarda, Rua Padre Roma, Rua Maria Antônia, Rua General Belegarde, Rua Barão do Bom Retiro, Avenida Marechal Rondon, Rua São Francisco Xavier, Praça Maracanã, Rua São Francisco Xavier, Avenida Heitor Beltrão, Rua Silva Ramos, Rua Gonçalves Crespo, Rua Felisberto de Menezes, Rua Mariz e Barros, Praça da Bandeira, Rua Mirabeau Souto Uchoa, Elevado Ruffino de Almeida Pizzarro, Avenida Engenheiro Freyssinet, Túnel Antonio Rebouças, Viaduto Saint Hillaire, Praça Marcos Tamoio, Rua Professor Abelardo Lobo, Rua Humaitá, Rua Visconde de Silva, Largo do IBAM, Rua Pinheiro Guimarães, Rua Real Grandeza, Túnel Velho, Praça Vereador Rocha Leão, Rua Siqueira Campos, Rua Barata Ribeiro, Túnel Prefeito Sá Freire Alvim, Rua Raul Pompéia, Rua Francisco Otaviano, Avenida Nossa. Senhora de Copacabana, Rua Siqueira Campos, Avenida Atlântica, Rua Figueiredo de Magalhães, Túnel Velho, Rua Real Grandeza, Rua General Polidoro, Rua São João Batista, Rua Mena Barreto, Rua Visconde de Silva, Rua Macedo Sobrinho, Rua Humaitá, Rua Frei Veloso, Túnel André Rebouças, Avenida Engenheiro Freyssinet, Praça da Bandeira, Av. Osvaldo Aranha, Praça Alagoas, Rua Pará, Rua Senador Furtado, Rua Mariz e Barros, Rua Ibituruna, Rua General Canabarro, Rua Mata Machado, Avenida Maracanã, Rua Professor Eurico Rabelo, Rua Radialista Waldir Amaral, Rua São Francisco Xavier, Rua Vinte e Quatro de Maio, Avenida Amaro Cavalcanti, Terminal Arquiteto Gelton Pasciello Mota (ponto terminal).
  • 497: De Penha x Largo do Machado para Penha x Laranjeiras – Circular:
    Motivo: Facilitar o acesso da Penha com a Zona Sul
    Novo itinerário: Normal até Rua Pedro Américo, depois Rua Bento Lisboa, Largo do Machado, Rua das Laranjeiras, Rua Soares Cabral, Viaduto Jardel Filho, Rua Conde de Baependi, Praça José de Alencar, Rua do Catete (ponto regulador entre Rua Almirante Tamandaré e Rua Machado de Assis), Rua do Catete, Rua Antônio Mendes Campos, seguindo o itinerário normal até a Penha.
  • 517: De Gávea x Botafogo para Gávea PUC x Glória (via Lagoa/ Epitácio Pessoa -circular)
    Motivo: Criação de acesso direto ao Centro
    Novo itinerário: Normal até a Praia de Botafogo, depois, Rua Senador Vergueiro, Praça José de Alencar, Rua do Catete, Rua Antonio Mendes Campos, Rua do Russel, Avenida Beira Mar, Avenida Beira Mar (pista esquerda), Rua João Neves da Fontoura, Avenida Presidente Wilson, Rua Mestre Valentim, Avenida Augusto Severo (pista central), agulha acesso pista lateral, Avenida Augusto Severo, Largo da Glória, Rua do Catete, Rua Pedro Américo, Rua Bento Lisboa, Largo do Machado, Rua Ministro Tavares Lira, Rua Conde de Baependi, Rua Marquês de Abrantes, Praia de Botafogo (sentido Copacabana), de onde segue o itinerário normal sentido Gávea.

– A partir de 19/03:

  • P1240074

    Ônibus da T2, que será esticado até o Jardim de Alah. Foto: Gabriel P. Gomes

    Troncal 2 (102): De General Osório x Rodoviária para Jardim de Alah x Rodoviária via Lapa
    Motivo: Agilizar a viagem, criando ligação direta entre os bairros
    Novo itinerário de ida: Avenida Borges de Medeiros (entre a Rua Humberto de Campos e a Avenida Borges de Medeiros), Avenida Borges de Medeiros (sentido Ipanema), Avenida Epitácio Pessoa, Rua Visconde de Pirajá, seguindo o itinerário original
    Novo Itinerário de volta: Normal até Avenida Rainha Elizabeth, depois, Rua Prudente de Morais, Avenida General San Martin, Avenida Afrânio de Melo Franco, Rua Humberto de Campos, Avenida Borges de Medeiros (ponto terminal entre a Rua Humberto de Campos e a Avenida Borges de Medeiros).

  • Troncal 10 (101): De General Osório x Cruz Vermelha para Jardim de Alah x Cruz Vermelha
    Motivo: Agilizar a viagem, criando ligação direta entre os bairros
    Novo itinerário de ida: Avenida Borges de Medeiros, Avenida Borges de Medeiros (sentido Ipanema), Avenida Epitácio Pessoa, Avenida General San Martin, Avenida Bartolomeu Mitre, Avenida Bartolomeu Mitre (pista da direita), Avenida Bartolomeu Mitre, Rua Jardim Botânico, Rua Humaitá, Rua Voluntários da Pátria, acesso à Praia de Botafogo sob Viaduto Pedro Álvares Cabral, Praia de Botafogo (pista lateral), Praça Nicarágua, Avenida Rui Barbosa, Praça Cuauhtemoque, Praia do Flamengo, Avenida Beira Mar, Avenida Beira Mar (pista esquerda), Rua Teixeira de Freitas, Rua Mestre Valentim, Avenida Luis de Vasconcelos, Rua do Passeio, Avenida Mem de Sá, Rua Washington Luís (ponto terminal calçada oposto ao n° 91).
    Novo itinerário de volta: Rua Washington Luís, Rua Riachuelo, Avenida Mem de Sá, Rua Visconde de Maranguape, Rua Teixeira de Freitas, Avenida Augusto Severo (pista esquerda), Praia do Flamengo, Praça Cuauhtemoque, Avenida Oswaldo Cruz, Praia de Botafogo, Rua São Clemente, Largo dos Leões, Rua Humaitá, Rua Jardim Botânico, Praça Santos Dumont, Rua Marquês de São Vicente, Rua Vice-governador Rubens Berardo, Avenida Padre Leonel Franca, retorno sob viaduto de acesso ao Túnel Acústico Rafael Mascarenhas, Avenida Padre Leonel Franca, Avenida Visconde de Albuquerque, Avenida Delfim Moreira, Avenida Vieira Souto, Avenida Henrique Dumont, Avenida General San Martin, Avenida Afrânio de Melo Franco, Rua Humberto de Campos, Avenida Borges de Medeiros (ponto terminal entre a Rua Humberto de Campos e a Avenida Borges de Medeiros).

A linha 433, embora tenha sido regularizada como Prado Junior, continuará retornando no Metrô Siqueira Campos, com o serviço noturno sendo feito até o Leblon, graças a um respaldo do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

A Secretaria Municipal de Transportes alega que estas mudanças foram feitas baseadas nas reclamações recebidas dos passageiros através dos canais oficiais (1746 e página do Facebook) e que novos ajustes operacionais poderão ser feitos mais adiante, conforme for a necessidade dos passageiros.