Os novos Apache Vip IV sem cobrador da Santo Antônio

1-20170122_161901A Transportes Santo Antônio, de Duque de Caxias, adquiriu para a linha Olavo Bilac x Gramacho cerca de 5 novos Apache Vip, carroceria fabricada pela CAIO Induscar. Com os chassis Mercedes Benz OF-1519, eles vieram sem o posto de cobrador e porta de desembarque no meio. Além disto, vieram equipados com letreiros FRT na cor âmbar.

A linha para o qual os novos ônibus foram escalados liga a Estação de trens do Gramacho ao bairro Olavo Bilac, na divisa dos municípios de Duque de Caxias e São João de Meriti. Criada em 2004, ao longo dos anos, se tornou uma importante linha para o Gramacho, Jardim Leal e Olavo Bilac. Inicialmente operando com 2 micros, a frota foi crescendo e atualmente conta com, cerca de, 6 ônibus convencionais, todos adaptados para portadores de necessidades especiais.

CURIOSIDADE:

1-p1300571Um dos ônibus que vieram nesta remessa, o ônibus de prefixo DC 3.209, está registrado no Detran/RJ com fabricação e modelo 2015. Diferentemente dos demais, este da foto não veio com o respiro na lateral, que virou padrão em 2016.

Além do 209, os outros conhecidos são: DC 3.168, 187, 188 e 208. Veja galeria de fotos abaixo:

Anúncios

Detro autoriza reajuste nas linhas intermunicipais a partir de sábado

O reajuste-base é de 6,99%. Mas houve a inclusão de 7,31% relativo à gratuidades, totalizando 14,3%

p1260930

Foto: Gabriel Petersen Gomes – Arquivo

Enquanto há uma queda de braço em âmbito municipal em relação ao reajuste das passagens, em âmbito intermunicipal 2017 veio com duas “facadas” para os passageiros que dependem dos ônibus entre as cidades do Estado. Isso porque o Departamento Estadual de Transportes (Detro) autorizou o reajuste nas linhas intermunicipais, depois que o Bilhete Único foi reajustado de R$ 6,50 para R$ 8,00. A partir deste sábado, as tarifas serão reajustadas em 14,3%. A autarquia alegou que o reajuste-base é de 6,99%, mas que houve a inclusão de um coeficiente de R$ 0,27 no valor das passagens. A tarifa mais barata da Região Metropolitana passa de R$ 3,50 para R$ 4,00, enquanto a tarifa mais cara passa de R$ 10,50 para R$ 11,50.

Novos níveis tarifários – RMRJ
Atual Reajustado Exemplo
 R$     3,50  R$        4,00 115I – Caxias x Nova Iguaçu (Flores)
 R$     3,70  R$        4,25 400M – Niterói x Palmeiras (ABC)
 R$     4,00  R$        4,55 131I – Caxias x Nova Iguaçu – via Light (Master)
 R$     4,75  R$        5,30 537R – Niterói x Itaipu – via Alameda (Amparo)
 R$     5,40  R$        6,05 415C – Jardim Leal x Central (Limousine Carioca)
 R$     6,05  R$        6,75 415T – Caxias x Barra da Tijuca (Vera Cruz / S. Antônio)
 R$     6,50  R$        7,25 427C – Vilar dos Teles x Candelária (Reginas)
 R$     7,40  R$        8,20 770D – Itaipu x Candelária (via Itacoatiara) (Pendotiba)
 R$     8,30  R$        9,15 110D – São Gonçalo x Passeio (Coesa)
 R$     8,90  R$        9,80 718D – Alcântara x Madureira (Fagundes)
 R$   10,50  R$      11,50 193C – Paracambi x Central (Blanco)

A lista completa das novas passagens, você pode conferir aqui no link: http://www.detro.rj.gov.br/uploads/arquivos/novas_tarifas.pdf

BILHETE ÚNICO MAIS CARO, DE NOVO

E como se não bastasse, o governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, publicou um decreto nesta sexta-feira reajustando novamente o Bilhete Único Intermunicipal a partir do dia 01º de Fevereiro, passando de R$ 8,00 para R$ 8,55, um reajuste de 6,99% – o mesmo índice-base usado para reajustar as passagens intermunicipais. Além disso, fixou um novo valor limite para ter direito ao benefício do BU. Agora, esse valor é de R$ 3.209,70, sendo que anteriormente estava fixado em R$ 2.000,00.

Unirio 010

Foto de arquivo

Premium inicia nova linha para o Galeão

A nova linha parte da Gávea, atendendo ao Jardim Botânico, Humaitá e Botafogo.

premium-001O consórcio Intersul, através da Premium Auto Ônibus, começou a operar nesta segunda-feira, uma nova linha atendendo ao Aeroporto do Galeão. A nova linha denominada 2012 – Galeão x Gávea passando pelo Jardim Botânico, Humaitá, Botafogo e Túnel Marcelo Alencar. Com isso, o eixo da Rua Jardim Botânico x Rua Voluntários da Pátria/São Clemente também passam a contar com uma linha executiva para o Aeroporto Internacional, já que tão somente a 2018 fazia o percurso atendendo somente a Praia de Botafogo.

Porém, o Portal Flumibuss constatou que ao começar a linha 2012, a Premium Auto Ônibus desativou a linha 2014 (Rodoviária x Gávea – via Praça Mauá). Estivemos presente na região do Castelo, no Centro do Rio, e vimos 4 ônibus da 2012 circulando pelo itinerário da 2014 (que é passando pelas Avenidas Antônio Carlos, 1º de Março e Graça Aranha).

Confira abaixo o mapa com o itinerário oficial da linha

mapa 2012.JPG

Além da criação da 2012, a linha 2016, que até então circulava com o SE na vista, foi regularizada e não está mais circulando com a sigla. A Premium Auto Ônibus não divulgou os detalhes sobre a linha, mas ao que se indica, está na mesma operação da linha 2014, operando com intervalos de 20 a 30 minutos. Das 6h às 21h, de segunda a sexta-feira. A tarifa da linha é R$ 14,00.

Premium 002.jpg

 

Marcelo Crivella suspende o processo de racionalização das linhas de ônibus

Em 60 dias, o novo secretário de Transportes deverá apresentar o plano de reestruturação dos ônibus da cidade.

1-p1290777

Com a suspensão, as empresas estão autorizadas a voltar com os itinerários antigos. Foto: Arquivo

O novo prefeito do Rio, Marcelo Crivella, assumiu a gestão da cidade no último domingo anunciando uma série de medidas para tentar reduzir os custos, como a extinção de cargos comissionados e a fusão de algumas secretarias. Uma das medidas anunciadas foi a suspensão de todo o processo de racionalização feito pelo antecessor, Eduardo Paes. De acordo com o decreto, foi levado em conta a insatisfação dos usuários com todos os problemas que surgiram em decorrência do processo, cabendo ao poder público “adotar as medidas, de modo a se proceder a melhoria do serviço público sempre com a oitiva dos cidadãos, que são os usuários destes serviços”. Com o decreto, que passa a vigorar a partir deste domingo, as empresas estão autorizadas a voltar com os itinerários antigos que foram extintos e/ou encurtados.

p1280959

Linhas que foram afetadas pelas mudanças no Centro e Zona Sul receberam carta branca para voltarem à ativa. Foto: Gabriel P. Gomes – Arquivo

Em até 60 dias, o vice-prefeito e secretário de transportes Fernando MacDowell deverá apresentar um plano para reestruturação total do sistema de ônibus, incluindo todo o processo de racionalização feito. Em entrevista dada ao RJTV desta segunda-feira (02), MacDowell disse que irá rever todo o processo, que confundiu muito os passageiros. “As pessoas em primeiro lugar vão ter que ser respeitadas. Segundo, você está racionalizando vai precisar de uma frota menor, mas a tarifa sempre está lá quietinha. Então, estas coisas todas nós vamos mudar e tem que ser mudada porque a população não pode ficar pagando o que está pagando.”

Antes mesmo desta decisão, algumas linhas que haviam passado pelo processo de racionalização, que foi encerrado em Março de 2016, já estavam retornando aos itinerários de origem, como é o caso das linhas 409, que voltou a ir até o Horto, 473, que voltou a ir até o Lido e 464, que está seguindo até o Jardim de Alah, no Leblon. A Transportes São Silvestre está com planos de retomar 8 linhas que foram extintas com a racionalização, que são: 154/155 (Central x Ipanema), 161/162 (Cruz Vermelha x Leblon), 183/184 (Central x Laranjeiras) e 573/574 (Glória x Leblon).

Além da questão da suspensão de todo o processo de racionalização, entraram no pacote, na área de transportes, das primeiras medidas de Crivella:

  • A suspensão da cobrança de pedágio para motos na Linha Amarela (já em vigor)

  • Apresentar um relatório sobre o status das obras do BRT TransBrasil

  • Elaborar estudos e negociações com o Governo do Estado para que o Metrô seja incluído no Bilhete Único Carioca até o fim de 2018.

  • Apresentar, em 90 dias, um diagnóstico operacional do sistema de BRT’s

  • Apresentar um plano de criação e/ou ampliação de bicicletários nas estações de BRT, metrô e trem

REAJUSTE DA PASSAGEM: “POR ENQUANTO NÃO SOBE”. RIO ÔNIBUS VAI RECORRER

Antes da posse, o então prefeito Eduardo Paes estava com o reajuste das passagens na cidade do RJ pronto para ser publicado no Diário Oficial. A passagem subiria de R$ 3,80 para R$ 3,95 – um aumento de 3,5%, considerado abaixo da inflação. O Vice-Prefeito e Secretário de Transportes, Fernando MacDowell, considerou “inadequado” o reajuste e Paes retrocedeu com a atitude. A Rio Ônibus disse, em nota, que não concorda com a posição de MacDowell, mas que se mostra aberta ao diálogo. Ainda assim, já anunciou que pretende entrar na Justiça para garantir o aumento, que é uma cláusula do contrato firmado em 2010.

Hoje, durante entrevista ao RJTV, ele afirmou que dando o reajuste às empresas, as mesmas alegarão que caiu a quantidade de passageiros, pedindo assim, um novo aumento. “É porque acontece o seguinte: se você der o aumento, eles vão reclamar que caiu mais ainda a quantidade de pessoas transportadas, que vai precisar de outro aumento. Não é assim que as coisas têm que ser colocadas. A gente tem que realmente trabalhar e proteger a população”. MacDowell ainda pontuou que ainda há ônibus sem ar-condicionado (desrespeitando o acordo firmado com o Ministério Público, que determinava 100% da frota refrigerada até o fim de 2016, o percentual hoje está entre 55% e 60% de ônibus refrigerados) e que ninguém reduziu a passagem com a implantação do BRT, que reduz os custos das empresas em 31%.

Normandy 007

Para MacDowell, passagem poderia estar mais barata após a implantação do BRT, o que não ocorreu. Foto: Arquivo.

Mac Dowell disse que há uma sobra de caixa no setor de transportes e que é preciso conversar com as empresas sobre o aumento das passagens. Ele disse que vai se reunir com os empresários para encontrar soluções técnicas e que não prejudiquem a população, e enfatizou que no momento não haverá aumento de tarifa.

Com informações de G1 – Rio de Janeiro