Operação emergencial das linhas da Rubanil e América

Até o momento, apenas a linha 350 voltou a operar e a linha 665 está sendo coberta, em parte, pela linha 298

No segundo dia de greve na empresas Rubanil, América e Madureira Candelária, o Consórcio Internorte começou a colocar em ação desde as primeiras horas da manhã o plano emergencial para suprir as linhas operadas pelas três empresas. Entenda:

LINHA 350:

1-20180504_132313 copy.jpg

Ônibus da Transportes Estrela circulando na linha 350, no horário do almoço. Num caso de eventual fechamento, a tarefa de reconquistar os passageiros será bem difícil.

Para a surpresa de muitos, a Transportes Estrela iniciou as operações na linha 350 (Irajá x Passeio) por volta das 11:00 da manhã. Estão sendo escalados para linha 8 ônibus oriundos das demais linhas da empresa, como a 363 (Vila Valqueire x Candelária) e 711 (Rocha Miranda x Rio Comprido).

Até o momento, o itinerário que está sendo feito da linha é o que a Rubanil praticava, sem nenhuma diferenciação. O serviço rápido da linha (via Avenida Brasil e Avenida Lobo Junior) ainda não tem previsão para ser retomada, podendo haver horários no final da tarde de hoje.

LINHA 665 x 298:

WhatsApp Image 2018-05-04 at 08.19

Desde hoje, a linha 298 foi prolongada até a Pavuna, para cobrir a demanda da linha 665 entre a Pavuna e São Cristóvão. Foto: Leonardo Fragoso

Na tentativa de cobrir parte da demanda atendida pela linha 665 (Pavuna x Saens Peña), a Secretaria Municipal de Transportes autorizou o prolongamento da linha 298 (Acari x Castelo), da Viação Pavunense, de Acari até a Pavuna. Tal medida serve para atender a demanda de passageiros entre a Pavuna e São Cristóvão. Porém, não há informações se o prolongamento será temporário ou definitivo.

O itinerário da linha 298 até a Pavuna está sendo feito da seguinte forma:

Nova denominação: 298 – PAVUNA x CASTELO (VIA ACARI)

IDA: Ponto final na Rua Mercúrio (em frente a 39ª Delegacia Policial), Rua Cícero, Av. Sargento de Milícias, Av. Pastor Martin Luther King Jr., de onde segue o itinerário normal

VOLTA: … normal até Av. Pastor Martin Luther King Jr, depois Praça Professora Virgínia Cidade, Rua Guassupi, Rua Bertichen, Avenida Brasil, acesso Av. Pastor Martin Luther King Jr, Av. Pastor Martin Luther King Jr, Rua Catão, Rua Netuno, Rua Mercúrio.

OUTRAS LINHAS:

Ainda não há uma definição sobre quem entrará nas linhas principais que ainda restam, como a 665, a 349 (Rocha Miranda x Castelo) e 355 (Madureira x Tiradentes). As linhas 351 (Vaz Lobo x Passeio via Irajá) e 376 (Pavuna x Candelária) já não são operadas regularmente há pelo menos 2 anos, tendo apenas uma viagem (em cada uma) no período da manhã e não há horário de retorno.

O Portal Flumibuss entrou em contato com o Consórcio Internorte para obter mais informações, mas até o fechamento desta publicação, ainda não obtivemos resposta.

Anúncios

Senior ex-Alpha na TEL – Estrela

Bom dia!

Em meio à um 2014 tímido de renovação de frota, a Transportes Estrela recebeu no começo do mês de Junho duas unidades do modelo Marcopolo Senior. Fabricadas em 2011, as duas unidades são oriundas da Auto Viação Alpha, empresa co-ligada diretamente, e circulavam pelas linhas 201 (S. Alexandrina x Castelo) e 202 (Rio Comprido x Praça XV). Os mesmos estão em circulação na linha 653 (Marechal Hermes x Méier – via Madureira) e o Portal Flumibuss traz para vocês um álbum completo com os dois carros registrados na noite do Méier. Confiram!

TEL – Transportes Estrela Ltda.
Rua Saravatá, 210 – Marechal Hermes, Rio de Janeiro/RJ

As fotos aqui registradas pertencem ao dia 30/06/2014. Fotos de livre circulação, desde que preservados os créditos.

Estrela 001 Estrela 003 Estrela 002 Estrela 004 Estrela 005 Estrela 006 Estrela 007 Estrela 008 Estrela 010 Estrela 009 Estrela 011 Estrela 012

Prefeitura extingue as linhas 261 e 2304, por ineficácia de operação

ImagemMá notícia para os usuários das linhas 261 (Marechal Hermes x Praça XV) e 2304 (Sepetiba x Carioca – via Av. Padre Guilherme Decaminada). A Prefeitura do Rio publicou, nesta quinta-feira no Diário Oficial, um decreto cancelando as duas linhas. Segundo a Secretaria de Transportes, foi constatado ineficácia de operação por parte das detentoras das duas linhas mencionadas (261 – Via Rio e 2304 – Algarve). Segundo a Secretaria de Transportes, a decisão foi motivada por recorrentes falhas de operação, que prejudicavam o nível de serviço oferecido aos passageiros. Os problemas foram constatados pela fiscalização da secretaria e por denúncias de passageiros feitas pelo telefone 1746.

Em 30 dias serão criadas novas linhas para entrar no lugar das extintas. E neste imbróglio, a versão da linha 277 (Rocha Miranda x Praça XV) até Marechal Hermes ganha mais força para ser efetivada com nova numeração.

RELEMBRE O CASO 261

Em agosto de 2013, uma matéria veiculada no Bom Dia Rio mostrou o estado dPavunense 014os ônibus
que rodavam à época. Após a denúncia, 16 carros da linha foram rebocados pela Prefeitura (e posteriormente, estes carros foram reformados e distribuídos entre as linhas 300 – Sulacap x Carioca e 945 – Pavuna x Fundão). A Prefeitura convocou as empresas Novacap, Vila Real, Pavunense e Estrela para estarem operando a linha em conjunto e criou uma extensão da linha 277 (Rocha Miranda x Praça XV) até Marechal Hermes para ajudar os passageiros. 1 mês e meio depois, Novacap e Vila Real deixaram a operação da linha, ficando somente a Via Rio, Pavunense e a Estrela. No começo de 2014, começaram a surgir comentários de que a Pavunense e a Estrela estariam interessadas em abocanhar a linha para elas, expulsando a Via Rio, assim. Porém, graças aos carros que estavam circulando na parte da Via Rio, micrões herdados da Auto Diesel e usados da Matias, o desfecho nada agradável se consolidou.